esmalteria-nacional

O lucro não precisa esperar tanto.

O tempo de retorno do investimento em qualquer negócio é geralmente um dos fatores que fazem os empreendedores repensarem a atitude de engatar um projeto próprio. A grande maioria não pode se dar ao luxo de esperar dois ou três anos até que a empresa esteja rentável e com ticket médio dentro do esperado.

esmalteria-nacional

Por isso, há franquias que aceleram esse processo e é o caso de uma de nossas marcas, a Esmalteria Nacional. Com um investimento de R$80 mil, o empreendedor planeja um retorno entre seis e doze meses. Para saber mais, confira a matéria completa da InfoMoney aqui: http://goo.gl/2hmR47

Bons negócios!

 

Take it easy: é só mais uma crise.

Estamos vivendo uma crise.  Isso é fato. Todos estão cientes disso. Crise institucional, refletida nos recentes protestos que se espalharam por todo o país desde junho de 2013. Crise econômica, com a falta de crescimento do PIB, aumento do dólar e desvalorização da moeda nacional. Crise política, com as dezenas de escândalos de corrupção entre alas do governo e do setor privado. Então, consequentemente, seria melhor não se envolver no mercado nesse momento, certo? Errado!

crise

Muitos empreendedores olham para todo esse turbilhão de acontecimentos e praticamente desistem de começar o negócio próprio, de empreender e fazer o que acreditam. Mas como sempre, para toda regra, há uma ou quem sabe algumas exceções. Há uma máxima no capitalismo que é: onde há crise há oportunidade. Ou seja, é o famoso “enquanto uns choram, outros procuram vender lenços”.

A crise, quando estudada, compreendida e incorporada às ações que a empresa tomará, pode ser uma aliada e até uma oportunidade estratégica para o negócio. Crises abrem espaços para manobras econômicas inconvencionais, alteram a disposição dos players no mercado. Quem estiver atento a isso, pode se dar bem. Quem não estiver, pode ser engolido.

Portanto, empreendedor, não desanime. Essa não é a primeira e certamente não será a última baixa que estamos enfrentando. Avalie suas forças, fraquezas, o nicho mais e menos afetado, mapeie as situações específicas e, finalmente, dê um tiro certeiro.

Não há razão para desesperos. Take it easy: é só mais uma crise.

Em frente,

Andare S.A.

E ai chegou a hora de empreender?

Com o início de um novo ano chega também o anseio por mudanças. Depois da pesquisa da Serasa Experian que revelou que o número de novos empreendedores bateu recorde no Brasil no primeiro semestre desse ano (chegando a 900 mil novas empresas), o portal da revista Exame PME perguntou ao coaching de negócios Henri Cardim: como saber se é a hora certa de empreender?

Veja abaixo as dicas do especialista:

Macro mercado: estude se o mercado está no momento certo, isso influencia o crédito, capacidade de compra e negociação com fornecedores.

Dica Andare: fique atento. Ameaças ao mercado podem indicar fraquezas nos modelos de negócio atuais e oportunidades para novas empresas

Capital de giro: é importante ter guardado pelo menos dois terços do valor que deve ser investido no negócio para que você tenha capital de giro.

Avalie se você está mesmo disposto: capacidade decisória, boa comunicação para tratar com fornecedores e clientes e noção do risco são questões essenciais.

Boa sorte!

Ana Fontes (Rede Mulher Empreendedora): conselhos de especialista

Tivemos o prazer de entrevistar Ana Fontes, uma das mantenedoras da Rede Mulher Empreendedora, fundadora do NATHEIA – Coworking e Eventos, curadora da Virada Empreendedora e do Fórum Empreendedoras e a gente traz aqui pra vocês tudo que ela contou pra gente:

Quando você percebeu que tinha perfil empreendedor?

Um grande motivador foi o fato de não me sentir mais parte do mundo corporativo: percebi que gostaria de fazer coisas novas, que não se encaixavam no modelo das grandes empresas.

Quais as principais características dos empreendedores de sucesso?

Empreendedores de sucesso são pessoas ávidas por conhecimento e informação, persistentes, otimistas, sonhadores e que têm um propósito na vida.

Que conselho você daria para quem está pensando em empreender?

Faça o que você ama, pois criar um negócio simplesmente porque dá dinheiro não é a solução. Faça parte do negócio, faça contatos, faça parte de grupos e de eventos para empreendedores. Busque conhecimento e planeje sempre, mas não invista todo seu tempo em planejar. Conheça seu futuro cliente de todas as formas. Sonhe grande e execute.

 

Organize seu fluxo de caixa em 5 passos

A gestão do fluxo de caixa ajuda o empresário a entender a realidade financeira do seu negócio, além de permitir avaliar ações passadas e fazer correções. Mesmo sendo tão importante, o controle do fluxo de caixa está entre os maiores desafios enfrentados pelos empreendedores brasileiros.

Veja 5 passos para organizar o seu:

1- Escolha um período para o controle – que tal começar pelos próximos seis meses?

2- Descubra qual o atual saldo da sua empresa – reúna contas bancárias, cofre, caixinhas…

3- Registre todas as contas a pagar e a receber – calcule os pagamentos de fornecedores e funcionários e recebimentos de clientes. Não se esqueça de acompanhar os vencimentos: evite juros.

4- Atualize seu fluxo de caixa – faça isso todos os dias.

5- Use os dados do seu fluxo de caixa para tomar decisões sobre estoque, compras e investimentos.

+ Dicas:

- Procure receber logo pelos serviços prestados e negocie pagamentos a fornecedores. E não se esqueça: fique atento aos juros sempre.

empreendedorismo 1

As melhores franquias para investir

Uma reportagem recente da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios com especialistas em franquias mostrou os setores que estão em alta no Brasil para esse modelo de negócios:

Beleza e Saúde: a crescente preocupação dos brasileiros com saúde e bem-estar faz com que esse seja um dos melhores mercados para quem quer investir em uma franquia.

Serviços: escola de idiomas, lavanderias e costureiras estão entre os negócios com grande potencial no setor de serviços. Redes com serviços especializados em beleza como depilação e design de sobrancelha também são uma boa opção.

Alimentação: entre os negócios com maior potencial, destaca-se o de food truck, nova moda no país, e as redes especializadas em um único tipo de alimento como é o caso das brigaderias. Outro destaque vai para o ramo de produtos naturais.

Saiba precificar seus serviços

Dar preço aos serviços adequadamente é um dos fatores de sucesso dos empresários, se por um lado preços baixos não justificam o investimento e podem até ser relacionados com baixa qualidade, por outro preços altos podem afastar os clientes. O menor preço a ser cobrado deve

cobrir os seus custos e o maior depende dos seus concorrentes, sua posição no mercado e dos seus clientes. Dá uma olhadinha nesse passo a passo para definir ou rever o seu:

1-Calcule o custo do seu serviço – inclua os insumos, salário e comissão dos funcionários e custos fixos como seu aluguel, contas de água e luz. O preço dos seus serviços cobrem o custo que eles geram?

2-Compare a posição dos seus preços com os de seus concorrentes. São mais baixos, iguais ou mais altos?

3-Perceba como a maioria dos seus clientes avaliam o seu preço. Eles costumam dizer se está alto ou baixo?

4-Analise os seus preços em relação ao seu posicionamento. Seus diferenciais justificam o seu preço?Você cobra mais, mas oferece mais conforto? Cobra menos, mas não tem estacionamento?

5-Após os passos acima, se for necessário, faça ajustes nos seus preços. Preços mais baixos podem compensar pelo aumento de volume de clientes e preços mais altos podem ser justificados pelos seus diferenciais.

Prêmio Líderes do Brasil

Pelo quarto ano, o LIDE, Grupo de Líderes Empresariais, em parceria com o SBT promoveu na última segunda-feira (08/12) o Prêmio Líderes do Brasil que homenageia empresários brasileiros que alavancaram a competitividade do país no cenário mundial nesse ano.

Marca da maior rede de nail bar do mundo, a Esmalteria Nacional foi reconhecida na categoria de Pequena e Média Empresa. Gustavo Andare, seu fundador, recebeu o prêmio de Líder  pelo sucesso da marca que em menos de dois anos ultrapassou o número de 200 unidades franqueadas.

O evento aconteceu no Palácio dos Bandeirante, sede do Governo do Estado de São Paulo e contou com a presença de autoridades, incluindo Geraldo Alckmin, Governador do Estado, além de reunir mais de 1.300 empresários. Entre as empresas premidas estavam Bradesco Saúde,  Odebrecht, Braskem, Brasilprev e iFood.

fluxo de caixa 2

Vale a pena pegar um empréstimo para abrir seu negócio?

Pegar ou não empréstimo para começar um negócio é uma dúvida que há tempos vem rondando as decisões dos empreendedores que estão começando. Trazemos aqui um resumo da resposta de George Ohanian, professor do Insper e da FGV, duas das melhores escolas de negócios do Brasil, a um leitor da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios sobre o assunto.

Ohanian defende que não é possível erguer uma empresa apenas com dinheiro dos bancos e sem nenhum capital próprio (de sócios), o professor justifica dizendo que dificilmente os bancos aceitarão o risco de financiar todo o investimento.

A recomendação é que o capital próprio seja o maior possível, já que ele dá ao negócio a capacidade de absorver os altos e baixos do mercado. O ideal é que em empresas novas a taxa de endividamente seja de no máximo 20% da expectativa de geração de caixa. É importante também levar em conta os prazos, já que dívidas mais longas têm a vantagem de não comprometer o caixa da empresa no curto-prazo.

Para as linhas de crédito, Ohanian indica as de bancos públicos, que podem cobrar juros menores por terem acesso a recursos do governo.

Dica Andare: no Brasil uma alternativa cada vez mais buscada pelos empreendedores que precisam de dinheiro para investimento é conquistar um investidor anjo.

Planejar a semana

Faça seu planejamento orçamentário

Com o final do ano se aproximando chega a hora de estruturar o planejamento orçamentário para 2015, ou seja o plano estratégico com estimativa de receitas, despesas e lucros.

Com um bom planejamento orçamentário é possível desenvolver estratégias que aumentem a lucratividade da unidade. Veja como criar o seu:

1-Seja realista na projeção das despesas e das vendas.

2-Divida seu planejamento em áreas, como por exemplo: marketing, gestão de pessoas, estoque e tecnologia.

3-Faça perguntas que te ajudem a pensar em quais mudanças você deseja implementar nessas áreas: Há novos meios de divulgação da sua unidades? Novos produtos e serviços? Haverá treinamento e revisão do comissionamento dos funcionários? Serão necessárias novas contratações? Há renegociação com fornecedores? Existem novos softwares que podem melhorar o cotidiano da sua unidade?

4-Responda a essas perguntas considerando os custos de cada um dos novos processos ou ações e inclua tudo em uma única planilha que será o seu plano financeiro.

5-Não se esqueça, novos investimentos são bem-vindos quando têm como finalidade, mesmo que indiretamente, fidelizar clientes, conquistar novos e aumentar o ticket médio.